Pages

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Sexta-feira 13 é mesmo o dia do azar?

Quebrar espelhos, cruzar com gato preto ou passar debaixo de escadas traz azar numa sexta-feira 13?


Você já deve ter ouvido que cruzar com um gato preto em uma esquina em plena sexta-feira treze, desviar, passar por baixo da escada sem querer e acabar quebrando o espelhinho de maquiagem que estava na sua bolsa foi um presságio de que coisas ruins estão para acontecer com você, e que lá vem sete anos de azar.

Contudo, ficaria totalmente surpreso se soubesse que “nada disso vai acontecer realmente, não existem sinais de mau presságio dessa forma”, como diz a psicóloga Ana Carla Pereira. “As pessoas acreditam nessas coisas, porque cresceram ouvindo que aquilo é verdade, é um senso comum, mas isso não o torna verdade”, explica Pereira.

“Já ouvi que quebrar espelhos não dão sete anos de azar, mas é mentira. Eu já quebrei espelhos e passei por situações bem ruins”, comenta a dona de casa Carmen Gimenes. Em sua casa, Gimenes tem uma ferradura já na entrada, um chaveiro com pata de coelho, guarda as chaves do carro e em sua carteira há um trevo de quatro folhas. “Podem dizer que é mentira ter suposições, mas nunca é mau negócio prevenir. É aquilo, antes prevenir do que remediar”, ela conclui.

Mas Pereira alerta, que “não é ruim uma pessoa ter uma crença, mas é de extrema importância que ela saiba administrar isso, quando isso extrapola, ela pode estar doente”.

Porém, em uma coisa, as duas concordam. Os espelhos podem até trazer azar se quebrados, mas não deixam de ser algo essencial em qualquer bolsa feminina, mesmo que tenha que estar ao lado de um trevo de quatro folhas estrategicamente posicionado.

3 comentários:

Vivielen Vendramini disse...

Duas coisas a comentar:

- Não tenho mais superstição, mas já tive umas do tipo amarrar o cadarço de um tênis antes do outro... sim, eu sou louca mesmo

- Sou só eu ou alguém mais ficou com medo dessa imagem super dark do gatinho?!

Deza Kitty disse...

Ah mas eu amei o gatinho!

Eu tinha uma superstição, era sempre entrar e sair pela mesma porta. estranho, né? Ainda bem que passou... Pera ai, por que porta eu entrei na Facul mesmo? hauahauhaua

Esme disse...

Gostei do gato preto!
Sabe, eu acho que sou superstiociosa também, menos no que se refere a animais... mas eu também não gosto muito da ideia de passar debaixo de escadas ou quebrar espelhos... No caso dos espelhos é que quando se quebra um é quase uma semana achando caco de vidro pela casa! Um terror para qualquer pessoa..eu vivo cortando o pé quando isso acontece. Sim, eu tenho chinelo, mas e a preguiça de pegá-lo fica aonde, né?

Postar um comentário